terça-feira, 28 de outubro de 2014



                                                                       meus dias  tem sido assim
                                                                              transbordantes
                                                                             de saudade de ti

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

                                                               
 minha alma felina
procura teu cheiro                                                              
que arde  minhas narinas
querendo entre repuxos
e impulsos tuas mãos
pesadas na minha carne
contorcida pelo desejo
que tua carne  provoca
quando cola na minha
                                                             
                                                                  Arte de Iene Tavares


A todo instante a vida nos ensina que uma das maiores lições que precisamos aprender é a arte da paciência. A paciência nos dá serenidade, equilibra o espírito e nos ajuda a decidir qual o melhor caminho seguir. Como diz Gandhi : "perder a paciência é perder a batalha." Respira fundo e prossegue, mesmo que a situação pareça adversa. A solução pode estar a caminho. O coqueiro só cresce belo e forte porque tem paciência de esperar pela irrigação.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014








Precisamos de menos curtidas virtuais e mais abraços reais. Mais olho no olho e menos tecladas. Mais amizade e menos maldade. Mais flores e menos espinhos. Menos críticas e mais solidariedade. Mais sorrisos sinceros e menos cinismo. Mais dias de sol para iluminar a vida tão árida de seres humanos que sangram de verdade, para o mundo ficar habitável.....(Celamar Maione )

sábado, 4 de outubro de 2014


Quando nos libertamos do preconceito nos tornamos seres humanos dispostos, abertos a novos conhecimentos e experiências enriquecedoras. O preconceito é uma doença da alma que não nos deixa enxergar o outro com os olhos do amor, ao mesmo tempo que impede nosso crescimento como indivíduo.









Mundo esquisito o que vivo. O ser humano tem vergonha de dizer que " ama" , porém, não tem o menor constrangimento em dizer que " odeia".